18 de setembro de 2021

Curso de Como Abrir um Pet Shop do Zero Passo a Passo

Familiarize-se com a estratégia ideal de ação e organize um negócio estável e funcional.

A localização da loja

Em primeiro lugar, você precisa determinar a localização da loja. Pense em salas que estão localizadas em lugares movimentados – ruas no centro da cidade ou em uma área residencial maior. A opção mais fácil é alugar uma área em um shopping center com muito movimento (área mínima – 10 m2). Você entrará em uma sala pronta e reduzirá significativamente os custos iniciais. A única desvantagem é o aluguel bastante alto, que aumentará a cada ano.

1. Se quiser abrir uma loja separada , com uma sala adaptada por você, precisa fazer consertos, consertar o espaço que fica na frente dela, cuidar da segurança e fazer um outdoor.

2. Outra opção – alugar um apartamento no primeiro andar de um prédio residencial ou térreo. Também uma boa ideia é uma garagem. Neste caso, é aconselhável escolher instalações que já tenham sido aprovadas para site comercial, pois isso requer custos adicionais, evitando procedimentos morosos com órgãos governamentais e abrindo sua loja no menor tempo possível. A área ideal para uma loja separada é de 50 metros quadrados.

3. O próximo critério para escolher um local é a presença de concorrentes . Saiba quantas pet shops operam na área de seu interesse, preste atenção na variedade de produtos, na política de preços e no nível de atendimento ao cliente. Se você for capaz de competir em pelo menos um desses critérios, sua empresa terá uma boa chance de sucesso.

4. Também é importante determinar o número aproximado de compradores potenciais . Por exemplo, se você planeja trabalhar em uma pequena área residencial, é bom se concentrar nos grandes shopping centers nela (por exemplo, perto de um grande supermercado ou de um ponto de transporte público movimentado). Se em cada uma delas e ao redor delas já existe uma loja semelhante com uma boa variedade, é melhor procurar outro local.

Registro, licenças, contabilidade

Depois de encontrar o loca, precisa fazer o registro da empresa

Certifique-se de procurar um bom contador , isso o salvará de uma série de procedimentos burocráticos.

Móveis comerciais, equipamentos

Você precisará dos seguintes móveis e acessórios:

  • racks;
  • mesa de trabalho;
  • vitrines.

Se você planeja vender alimentos por quilo, também deve comprar uma balança.

Para economizar na compra de equipamentos, é bom fazer um contrato com um fornecedor de rações para cães e gatos e conseguir deles uma variedade de prateleiras e armários.

Nem sempre são muito convenientes de usar, mas são brilhantes, coloridas e com um belo design, podem ajudar a atrair a atenção dos compradores.

O resto do equipamento é melhor comprar ou, porque não, faça você mesmo. Para encontrar a opção certa, você precisará de algum tempo e esforço, mas pode economizar uma quantia significativa.

O que é necessário para abrir um “supermercado” de pet shop? Além de móveis comerciais, você precisará de um terminal de caixa registradora, ímãs de mercadoria e detectores de metal. Para acesso gratuito, é melhor colocar apenas alimentos e itens maiores. Preparações, medicamentos e outros produtos menores, é melhor organizar atrás do balcão, mesa e em janelas fechadas.

Variedade de bens

Como fazer um pet shop funcionar, para ser procurado pelos compradores? Para fazer isso, você precisa escolher a faixa de negociação mais adequada. Em primeiro lugar, você precisa determinar o público-alvo. Responda as seguintes questões:

  • Qual é o nível de renda dos clientes potenciais?
  • Que animais eles têm (ornamentais ou de fazenda)?
  • Quais bens despertarão mais interesse?
    Na maioria dos casos, a variedade de lojas de animais é selecionada para pessoas de renda média que têm gatos, cachorros, papagaios, canários, roedores, tartarugas, peixes. Portanto, os seguintes produtos devem ser oferecidos:
  • alimentos para as espécies de animais listadas;
  • tigelas, comedouros e bebedouros;
  • brinquedos;
  • livros que falam sobre as regras de cultivo;
  • acessórios para aquários;
  • vitaminas;
  • correias, colarinhos e focinheiras;
  • sanitários e suas misturas;
  • pentes;
  • shampoos;
  • roupas para cães e gatos;
  • cestos, camas, casas e caixas de transporte.

Se houver gente perto da loja que crie animais e pássaros de grande porte, é bom incluir na gama várias misturas e minerais.

Muitos medicamentos são muito procurados pelos donos de animais de estimação, mas sua venda está sujeita a certas condições. Só podem ser comercializados por veterinário credenciado, além disso, alguns medicamentos devem ser armazenados em geladeira especial. A melhor solução – oferecer aos seus clientes apenas os medicamentos e preparações que não requerem condições especiais de armazenamento e aconselhamento profissional.

Você deve estar ciente de que alguns compradores não sabem como usá-los adequadamente, portanto, o vendedor deve ser capaz de dar explicações detalhadas.

O comércio de animais também é uma ideia bastante delicada. Requer a disponibilidade de documentos especiais, cuja preparação exigirá um esforço significativo. Além disso, para os animais de estimação é necessário fornecer cuidados diários e condições favoráveis. Se você não está pronto, é melhor desistir dessa ideia.

A chave para o sucesso empresarial – uma ampla seleção de produtos a preços acessíveis. Portanto, ao abrir uma loja, a variedade deve ser a mais diversificada possível. Nos primeiros três meses, você verá quais produtos estão em demanda e poderá organizar adequadamente o seu trabalho. O (s) produto (s) não desejado (s) podem ser devolvidos ao fornecedor se você concordar com ele antecipadamente.

Seleção de fornecedores

Hoje, existem empresas atacadistas em todas as cidades que vendem produtos para animais de estimação. Muitos deles têm uma política suficientemente democrática de atendimento aos clientes. Com uma cooperação bem-sucedida dentro de alguns meses, você poderá receber um desconto ou pagamento diferido.

Para poder comprar ração barata para cães e gatos de certas marcas, você precisa firmar um contrato com seus distribuidores. Eles costumam fazer frete grátis e fornecer materiais promocionais.

Acessórios de cuidados, livros e brinquedos podem ser adquiridos em outros lugares. Você pode optar por este tipo de produtos por conta própria e se tiver condições financeiras para fazer pedidos de grandes quantidades com entrega. Todas as mercadorias devem ter certificados e selo do fornecedor.

Os vendedores

O vendedor em uma loja de animais deve estar bem familiarizado com as mercadorias, produtos e cativar o cliente para comprar, para fornecer conselhos competentes. É preferível ter a qualificação de um veterinário com experiência profissional. Também vendedores com experiência com animais e conhecimento do produto. Uma das qualidades mais importantes é a vontade de trabalhar. Às vezes é melhor contratar uma pessoa inexperiente interessada e entusiasmada do que um especialista passivo.

Publicidade

Você pode lançar um site, bem como organizar a venda de mercadorias com entrega.

Receitas e despesas

É lucrativo abrir um pet shop Para responder a esta pergunta, você precisa fazer uma lista de despesas:

Custos de capital:

  • compra de equipamentos;
  • compra e reparação de instalações (se necessário).

Custos operacionais:

  • renda;
  • compra de bens;
  • salário de vendedores;
  • despesas mensais com serviços de contabilidade ;
  • impostos e taxas;
  • publicidade;
  • outras despesas mensais.

O valor do mark-up depende do tipo de mercadoria:

  • alimentação – 15-20%;
  • livros, mistura de banheiro, vitaminas – 30-50%;
  • acessórios e medicamentos – 50-100%.

A marcação média é geralmente em torno de 30%. O período de retorno do investimento da loja depende do valor dos custos de capital e do valor da receita. Em geral, você não precisa de mais de 24 meses. Uma pequena loja pode se justificar mesmo depois de meio ano.

Para abertura e registro de um Loja de Animais – Pet Shop é necessário realizar os seguintes procedimentos:

  • Junta Comercial;
  • Secretaria da Receita Federal (CNPJ);
  • Secretaria Estadual de Fazenda;
  • Registro na prefeitura municipal, para obter o alvará de funcionamento;
  • Enquadramento na Entidade Sindical Patronal (empresa ficará obrigada a recolher por ocasião da constituição e até o dia 31 de janeiro de cada ano, a Contribuição Sindical Patronal);
  • Cadastramento junto à Caixa Econômica Federal no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”;
  • Registro no Corpo de Bombeiros Militar: órgão que verifica se a empresa atende as exigências mínimas de segurança e de proteção contra incêndio, para que seja concedido o “Habite-se” pela prefeitura.
  • Alvará de licença da Vigilância Sanitária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *