18 de setembro de 2021

Como Abrir Uma Franquia de Pet Shop Passo a Passo?

A indústria animal movimenta mais de 30 bilhões de reais por ano, e entrar nessa indústria pode ser uma escolha lucrativa para empresários sensatos. Você está interessado em abrir um negócio para animais de estimação ? Embora você certamente possa iniciar seu próprio negócio, existem muitas oportunidades de franquia que permitirão que você se torne parte de uma marca estabelecida.

Neste artigo, vamos explicar de uma maneira mais abrangente, sobre o mundo das franquias, entenda.

O que é franquia

Para entender os meandros da franquia, você precisa entender o que é. Uma palavra estrangeira oculta a capacidade de todos trabalharem com o nome da marca de que gostam. E não importa de quem seja o logotipo – brasileiro ou estrangeiro. O principal é que o consumidor o conheça e o dono lhe dê a oportunidade de ganhar dinheiro por sua conta. Uma franquia é um acordo que o proprietário de uma marca oferece a um empresário.

A franquia é muito conveniente – não há necessidade de esperar por inspiração ideológica, pensar em publicidade, classificação e pesquisa. Tudo já está feito para você. O franqueador (proprietário ou representante da marca) explica em detalhes ao franqueado (empresário que assina um acordo para fazer negócios sob uma determinada franquia) as complexidades de fazer negócios. Todos os riscos, avaliações são calculadas e uma instrução passo a passo é compilada. Isso é o que atrai as pessoas que não têm experiência, ou que tentaram encontrar algo próprio, mas não conseguiram.

Uma franquia é um acordo que o proprietário de uma marca oferece a um empresário.

Lado financeiro

Portanto, é oferecido a você um negócio pronto. Mas o dono da marca está pronto para compartilhar com um motivo, mas pagando uma taxa. Essas condições podem ser diferentes para cada franqueador.

O que você tem que pagar ao franqueador:

1. Pagamento único

Este é o pagamento inicial necessário para celebrar um contrato. Este é um tipo de taxa para alugar um selo ou taxa de adesão. Às vezes, essas contribuições são tão grandes que a quantia simplesmente não pode ser disponibilizada a um empresário iniciante.

2. Royalty

Pagamento mensal a favor do proprietário e dependente do percentual de renda do franqueado. Em outras palavras, o empresário deve dar uma espécie de imposto sobre o lucro ao dono da marca todos os meses pela oportunidade de obter renda.

Mas nem todas as formas de franquia incluem esses conceitos. Tudo depende do caso. Algumas empresas cobram apenas uma taxa única, outras cobram zero e o franqueado paga apenas taxas. Mas também acontece que o dono da marca exige uma taxa única e outras taxas. Por isso, vale a pena avaliar suas opções com antecedência, para não se arrepender.

Claro, existe outra maneira de abrir um negócio de franquia – sem investimento. O princípio da franquia sem investimento é que um empresário que reivindicar esse direito deve convencer os proprietários da marca de que seu aplicativo melhorará o desempenho, mas isso dá muito trabalho. Apenas em casos raros o franqueador se torna um investidor de um franqueado.

O franqueado deve pagar uma taxa fixa e taxas ao proprietário da marca.

Prós e contras da franquia

Nesse sentido, como em qualquer outro tipo de negócio, existem vantagens e desvantagens que você precisa conhecer com antecedência. Criar uma franquia é um trabalho sério que visa estabelecer a relação entre o proprietário da marca e o locatário.

Prós

1. Marcas consolidadas

A popularidade da empresa inspira confiança entre os consumidores. Não há necessidade de promoção. Depois de ver o nome conhecido, o cliente virá sozinho, não por curiosidade, mas para comprar um produto ou serviço. Observadores que não pertencem ao contingente exigido cercarão o grupo.

2. Suporte de negócios.

O franqueado nunca ficará sem supervisão, instruções necessárias e aprendizado. Por algum motivo, você pode entrar em contato com um especialista. Na primeira fase, a assistência é prestada ainda na concepção das instalações, caso seja exigido pela marca. Em outro tipo de negócio, o iniciante terá que resolver todos os problemas sozinho.

3. Garantia perante o banco.

Se você quer abrir um negócio, mas não tem fundos suficientes, então você precisa ir ao banco, mas isso acontece com um empresário novato. Na hora de escolher uma franquia, o dono da marca vai te apoiar, vai garantir a devolução do crédito ao banco. Concorde que é mais seguro dar dinheiro a uma empresa já popular do que procurar um cliente falido mais tarde.

Contras

1. Condições severas.

É necessário trabalhar sob certas condições ditadas pelo proprietário. O desvio de um ponto é resolvido com a imposição de multas ao locatário da marca ou o término da franquia.

2. Os direitos do franqueado aplicam-se apenas nos termos do contrato assinado.

Os riscos são grandes, principalmente se você não estudar o lado econômico do parceiro em potencial.

Os direitos do franqueado são aplicados apenas de acordo com o contrato firmado.

3. Restrições na escolha de fornecedores.

É possível adquirir equipamentos ou matérias-primas apenas de determinadas pessoas, que podem estar em desvantagem em termos de localização. As tentativas de contornar esta cláusula levam à rescisão do contrato.

4. Custos.

Lembre-se de que todos os custos de registro de uma empresa, compra de instalações comerciais, compra de bens, equipamentos ou matérias-primas ficam por sua conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *